Uma Viagem pela Região Verde do Minho. ecoTours Portugal Blog
Top Banner Background

Blog Viagens em Portugal

Uma Viagem pela Região Verde do Minho

Uma Viagem pela Região Verde do Minho

janeiro 12, 2018

A Região do Minho é o mais belo local nortenho, onde a natureza, a gastronomia e o vinho são os melhores aliados. Um local onde a natureza e a cultura se encontram e combinam, numa perfeita harmonia, capaz de conquistar os corações mais frios.

Se alguma vez já teve a oportunidade de pegar num daqueles postais fantásticos, repletos de paisagens verdes e rios intermináveis, há uma grande probabilidade da fotografia nesse postal ter sido tirada no Minho. Repleto de natureza e florestas encantadoras, o Minho é tão verde, imponente e mágico, impossível de resistir.

Esta é a terra dos invernos mais frios e paisagens mais verdes, a terra do melhor Vinho Verde alguma vez produzido e, também, a terra onde tudo é bom. O Minho é quase como uma delicada flor, onde todos se impressionam com a sua beleza interminável. Uma verdadeira obra-prima da Natureza, onde a tradição se mantém até ao mais intimo detalhe, contando as melhores histórias sobre a região e as gerações que nela habitam. 

Situado na zona noroeste do país e rodeado por todas as suas montanhas, o clima do Minho é influenciado pela sua paisagem natural, transformando esta região numa das mais bonitas de Portugal. Com tantos tesouros escondidos, o Minho vale a pena visitar!

Braga

Conhecida como “Cidade Barroca” e a “Cidade dos Arque bispos”, Braga é também a mais antiga cidade Cristã do Mundo. Quando esta parte de Portugal foi invadida pelos romanos, Augustus decidiu que Braga deveria ser uma cópia à escala de Roma, tornando-a na cidade mais importante da região e a casa de uma importante e poderosa história.

A sua beleza e transcendência são o climax, de um local onde as boas energias emanam por todo o lado. É tão místico. Visite Braga e não perca a oportunidade de visitar o seu famoso e extravagante Santuário do Bom Jesus, a Catedral, o Mosteiro de Tibães e – por favor! – passeie um pouco pelo centro da cidade e apaixone-se pelas coloridas fachadas de todos os edifícios. Braga é, sem dúvida alguma, um prazer encantador para os olhos e corações de todos os que por ela passam.

Guimarães

Reconhecida como Patrimônio Cultural Mundial pela UNESCO em 2001, o berço de Portugal é a sua próxima paragem. Com um centro histórico, um povo hospitaleiro e um centro da cidade bem dotado, Guimarães é outro dos segredos de Portugal. Nesta cidade não é preciso carro, nem tão pouco autocarros, para nos deslocarmos. A cidade é tão acolhedora e familiar que a maioria opta por passear pelas suas ruas a pé.

As pessoas que aqui nasceram e viveram têm um orgulho enorme em pertencer a Guimarães, não que lhes falte razões! Repleto de locais fascinantes capazes de nos fazer viajar no tempo, um roteiro ao Castelo de Guimarães, casa do primeiro Rei de Portugal, é algo a não perder. Localizado mesmo atrás da incrível Praça Oliveira e Largo do Toural, mesmo no centro da cidade e, já que vai fazer uma visita guiada, dê um salto ao Palácio do Duque de Bragança. Aproveite bem o seu tempo neste inesquecível cenário medieval.

E, para conseguir aproveitar o melhor destas duas cidades, sugerimos o nosso roteiro guiado por estes fantásticos tesouros da História de Portugal. Peça já a sua cotação para um Roteiro de Grupo ou, se preferir algo mais relaxado, opte pelo nosso Roteiro Privativo.

Viana do Castelo

A última cidade antes de chegarmos a Espanha, Viana do Castelo será a sua próxima inspiração. Sem ela, a região minhota ficaria simplesmente incompleta. Consegue imaginar a arquitetura mais impressionante, um conjunto incrível de montanhas e as praias mais encantadoras, tudo num só lugar?

Viana vai com certeza roubar-lhe o coração, no momento em que nela colocar os pés. O Palácio de Tavoras, a Igreja de Nossa Senhora da Agonia e a Igreja de Santa Luzia são alguns dos monumentos de visita obrigatória se alguma vez vier a Viana. A eles, juntam-se o Museu de Viana do Castelo, o Museu das Carruagens e o Hotel “Fábrica de Chocolate” (um Hotel onde pode encontrar um museu de chocolate).

Viana é assim. Não é preciso promove-la, tudo nela é tão simples e natural, capaz de enriquecer o Minho. No nosso Roteiro de Grupo, o nosso guia privativo irá guia-lo pelas ruas desta maravilhosa cidade e, no final, terá ainda a oportunidade de descobrir mais um dos fantásticos locais de Portugal: Ponte de Lima, considerada a vila mais antiga de Portugal e, em tempos, o local de eleição dos peregrinos.

Montanha do Gerês

O verdadeiro significado do Minha tem origem neste parque. No coração do Parque Nacional da Peneda-Gerês, as suas florestas e vida selvagem são um deleite para os olhos de quem as observa. Não muito afastado da cidade, o Gerês é um recanto escondido para todos os que vivem lá perto, mas tem-se vindo a propagar um pouco por todos os Portugueses, que viajam desde o Sul para alguns dias de descanso e rejuvenescimento.

Ideal para escaladas e muitos outros desportos radicais, a época mais entusiasmante para o visitar é no Verão, com as suas longas cascatas a enriquecer toda a paisagem, este é ponto preferido dos turistas para se refrescarem nos longos dias quentes do Verão no Gerês. Com uma caminhada pelos bosques deste parque e alguma paciência, poderá ainda conseguir avistar o Lobo Ibérico, a Água Dourada ou ainda a Toupeira da Água o que, para os mais aventureiros e curiosos, poderá ser bem interessante.

No Gerês, o contacto com a Natureza é bem real, quer o visite pelas estradas, ou pelos trilhos. E, como bónus, os Romanos decidiram aqui deixar uma fantástica herança cultural, por isso não se esqueça de visitar os castelos de Castro Laboreiro e Lindoso – a não perder!

E – claro! – a Gastronomia e Vinhos da região do Minho

A Região do Minho tem, muito provavelmente, a Gastronomia mais variada e complexa de todo o país. Se a comida é o seu ponto forte e deseja ter uma refeição digna de um verdadeiro Minhoto, então não se esqueça de começar por um deliciosos Caldo Verde. Para prato principal, a escolha recai sobre o delicioso Bacalhau à Narcisa (típico de Braga), umas Papas de Sabarrulho, para os mais fortes (um prato feito com sangue de porco cozido e vários tipos de carne), ou um Naco à Conquistador, para os amantes de carne, cujo nome deriva do primeiro rei de Portugal, D. Afonso Henriques, o Conquistador. Não pode faltar a sobremesa, pois não? Para adoçar o apetite, nada melhor que um Pudim Abade de Priscos ou o típico Toucinho do Céu, ambos feitos com uma generosa quantidade de ovos… Oh, que delícia!

Como é óbvio, um verdadeiro minhoto, escolhe sempre a melhor companhia para todos estes pratos – o elegante Vinho Verde, também conhecido como Vinho Novo. Este vinho contém uma pequena percentagem de álcool, o que compensa com a sua elevada acidez, tornando-o ideal para nos refrescar nos quentes dias de Verão, sendo ainda perfeito para acompanhar a maioria da gastronomia desta região – saladas, peixe, bacalhau, ou até fruta. Alvarinho, nascido em Monção, é o vinho regional de maior renome, devido à sua elevada qualidade.

Como pode ver, a Região do Minho é um local imenso, onde tudo combina em perfeita harmonia: a comida com o vinho, a natureza com o amor, e as pessoas com a cultura. Faça já as malas e embarque nesta viagem!

Aviso! Ao continuar a navegar está a concordar com a utilização de cookies neste site.
Conheça a nossa Política de Privacidade e Informações sobre Cookies